10.19.2016

WHAT'S A CAPSULE WARDROBE ?


Este é um dos temas quentes em Consultoria de Imagem, sendo que alguns de nós defendem o conceito e outros (como eu) trabalham numa óptica ligeiramente diferente.

Passo a explicar a ideia, antes de me embrenhar nos prós e contras desta filosofia de compras: 
um guarda-roupa cápsula  consiste num conjunto de peças todas combináveis entre si, e que irão constituir a totalidade do armário nos meses seguintes, isto é nada de compras até mudar a estação.
A quantidade e variedade tem em conta as necessidades de cada pessoa, mas o objectivo é minimizar e simplificar o acto de nos vestirmos diariamente.

Concordo totalmente com o pressuposto, visto que um armário com menos roupa é muito mais fácil de organizar, poupa-nos imenso tempo e evita desperdício de dinheiro.
A questão é que não somos todos iguais, para algumas pessoas a roupa possui uma grande carga emocional, ou simplesmente adoram as suas peças e não as querem deixar. A
ssim o que funciona perfeitamente para uns poderá não ser o mais indicado para outros, sendo fundamental encontrar o equilíbrio certo para cada pessoa.


                  


Não sou o melhor exemplo (porque adoro roupa) mas a verdade é que em cada estação acabo por criar uma cápsula, e são essas as peças que mais uso e misturo entre si. Tenho uma cápsula de verão, uma de inverno e outra de meia-estação (que é a que estou a usar agora).
Dentro destes conjuntos existem peças que reformo ou substituo anualmente. Mas em contrapartida também existem peças que quero guardar: porque são clássicos intemporais em que investi, ou então são peças-tendência que os ciclos de moda se encarregam de repescar de tempos a tempos.

Ainda estou a organizar as peças da minha cápsula de outono/inverno, mas só para vos dar uma ideia do que poderá incluir:


SAPATOS :  1 ténis , 2 botins rasos, 1 oxford rasos, 1 stiletto , 1 galochas, 1 botim salto alto
CASACOS:  1 colete camel, 1 parka, 1 blazer, 1 blusão pele, 1 long coat 
MALHAS:  1 branca ou bege, 1 camel, 1 cinza , 1 preta, 1 cor quente 
TOPS: 1 branco, 1 bege, 1 cinza, 1 estampado e 1 riscas 
CAMISAS:  2 brancas, 1 ganga, 1 xadrez, 2 estampadas, 1 cor lisa, 1 bling bling 
CALÇAS: 1 preta, 1 xadrez, 1 cintura subida, 1 jeans skinny, 1 jeans boyfriend, 1 jeans cinza
VESTIDOS: 1 cor lisa , 1 estampado, 1 camiseiro  e 1 festa 
SAIAS: 1 plissada, 1 denim 
CARTEIRAS: 1 satchel média, 1 tote , 1 clutch 
  
Total 45 peças contem as vossas e partilhem comigo nos comentários wink)
 
No dia-a-dia safo-me bem com este grupo. Mas é óbvio que tenho mais peças em back-up, que resgato sempre que necessário: como um blazer de veludo herdado da mãe, uma gabardine vermelha Red Valentino ou um biker que comprei em Londres ...

Este método também é muito eficaz no controle das despesas, porque só podemos comprar o que está em falta na cápsula, não havendo espaço para as compras emocionais!


Como Consultora de Imagem a minha principal preocupação é facilitar a vida ao cliente, utilizando os seguintes passos:
1º - eliminando do armário as peças que não lhe convém;
2º - reciclando e fazendo novos conjuntos com o que existe no armário;
3º - orientando para aquisição de peças funcionais, e simplificando a tarefa de se vestirem no dia-a-dia.

                                       
                                                                 imagens via Pinterest


Muitas vezes acabo por compor um armário-cápsula, adequado ás necessidades individuais da pessoa. Mas esse não é o objectivo inicial, a minha missão é ajudar o cliente a encontrar um estilo apropriado e com que se sinta confortável!
Digam-me lá, o que é que acham deste método? Vão tentar criar o vosso próprio armário-cápsulaJá sabem que podem sempre contar com a minha ajuda aqui.