5.17.2018

Consumo Consciente - Sabe Como É Feita a Sua Roupa?

Termos como Fashion Revolution, Transparency e Consumo Consciente inundaram as redes sociais no final de Abril, mas a maioria das pessoas não faz ideia do seu significado. O que é afinal a Fash Rev?

Consciente

No ano passado abordei o tema neste post, e queria ter-vos falado mais cedo da Fashion Revolution mas também acho que mais vale tarde do que nunca.

O movimento #whomademyclothes teve inicio em 2013, e foi marcado pelo colapso de um edifício degradado em Rana Plaza no Bangladesh. Este albergava 5 fábricas de roupa no seu interior, e apesar dos avisos quanto á falta de segurança o incidente teve como consequência a morte de 1134 trabalhadores da industria têxtil e mais de 2500 feridos.

Só o negócio da Moda emprega nos dias de hoje qualquer coisa como 75 milhões de pessoas pelo mundo fora, mas 90% desses indivíduos trabalham em condições precárias em troca de salários desumanos. Em contrapartida, a lista das 20 maiores fortunas a nível mundial segundo a Forbes, inclui os nomes de 6 bilionários do Retalho.


Consciente


Sem falar em termos de Impacto Ambiental, Desperdício e Acumulação de Resíduos, assunto que "dá pano para mangas" e muitos outros posts.

A Fash Rev está a tentar modificar esta situação, exigindo uma maior transparência por parte das marcas em relação aos seus fornecedores. Mais transparência equivale a mais responsabilização por parte de todos nós, que também como consumidores contribuímos para alimentar o comboio da fast fashion.

Consciente

A pergunta que se coloca para além de "quem fez as minhas roupas" é o que nós como consumidores podemos fazer para ajudar esta causa?

- Começar por assinar o Manifesto proposto pela Fashion Revolution aqui (eu já assinei!)

- Fazer chegar estas informações á Família, Amigos e Conhecidos até chegar aos CEO das Marcas e da Industria Têxtil;

- Estar atentos ás etiquetas, e conhecer a proveniência das peças antes de comprar;

- Criar hábitos de consumo mais sustentáveis, comprando melhor e com consciência , reciclando e evitando o desperdício inconsequente.

Deixo-vos este desafio para reflectirem, pois são muitos pequenos gestos que fazem a diferença.
Cá por casa também andamos em "campanha de consumo consciente", e fico extra feliz quando encontro produtos #madeinportugal. Já tinham ouvido falar do movimento Fash Rev?

Enviar um comentário