12.13.2017

Onde Está o Verdadeiro Espírito de Natal?

Gosto mesmo muito do Natal e guardo as melhores recordações desta altura. Mas ultimamente o que costumava ser uma época de "paz e amor" transformou-se num rodopio infernal!


"Christmas season is already upon us" e não há como lhe escapar (só fugindo para a China, e mesmo assim tenho dúvidas).
São os últimos testes, as festas da escola e actividades, os aniversários de família, jantares de empresa e amigos, as decorações, os presentes, a roupa, as comidas. Enfim, uma lista que não acaba mais...

Então o mais importante não é estar em famíliasermos bons e ajudar os mais próximos?
Parece-me que as prioridades andam todas trocadas. E cada ano que passa é um esforço maior transmitir ás crianças que o Natal não são os presentesnem a roupa que vamos estrear.

Este ano não vou fazer lista de Natal. Nem vão haver muitos presentes (só lembranças) ou grandes banquetes gastronómicos. As decorações serão DYI e uma excelente ocupação para as férias escolares.
Das festas (que não me consigo livrar) o melhor é mesmo parar com as queixas, porque conviver também é sinónimo de felicidade.

Respirar fundo, e reiniciar devagar. Mais alguém por aí a stressar com o Natal?



Enviar um comentário